O poder, a honra e a realeza

A liturgia de hoje nos ajuda a conhecer a natureza da realeza de Jesus, cujo reinado não é deste mundo (Jo 18,36) e que, por isso, não faz concorrência aos reinos terrestres. Aliás, durante Seu ministério público, Jesus foge quando querem fazê-lo rei (Jo 6,15), evitando dar à Sua missão messiânica um cunho terreno.

As declarações de Jesus diante de Pôncio Pilatos não deixa lugar a dúvidas: Ele é "rei" e recebeu de Deus, "o poder, a honra e a realeza" sobre todos os povos da terra. Ao celebrarmos a Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, somos convidados, antes de mais nada, a descobrir e interiorizar esta realidade: Jesus, o nosso rei, é princípio e fim da história humana, está presente em cada passo da caminhada dos homens e conduz a humanidade ao encontro da verdadeira vida.

Padre Alex Sérgio da Silva, Mipk.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário