7º dia da novena à São Maximiliano

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oração inicial

Ó São Maximiliano, seguidor fidelíssimo do Pobrezinho de Assis, que inflamado de amor a Deus transcorreste a vida na prática assídua das virtudes heróicas e na obras santas do apostolado, volta o teu olhar a mim, teus devoto, que confio na tua intercessão.
Tu que, na perfeita conformidade ao divino Salvador, alcançaste alto grau de caridade para oferecer, em sublime sacrifício de amor, a tua vida para salvar a um irmão prisioneiro, suplique do Senhor a graça que ardentemente te peço... (coloca-se a intenção)
E, animado pelo mesmo ardor de caridade, possa também eu com a fé e com obras testemunhar Cristo aos irmãos, para alcançar contigo a beatificante possessão de Deus na luz da glória. Amém.

A intimidade de vida com Maria

D. Estamos reunidos para agradecer ao Senhor e a Virgem Imaculada pelo dom da vida e da santidade de São Maximiliano Kolbe. Com ele queremos aprender a ser reflexo do amor de Deus para testemunhar aos homens de hoje a caridade e a verdade do Evangelho.

Evangelho de Lucas 2, 22 -28:
“Concluídos os dias da sua purificação segundo a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém para apresentar-lo ao Senhor, conforme o que está escrito na lei do Senhor: todo primogênito do sexo masculino será consagrado ao Senhor; e para oferecerem o sacrifício prescrito pela lei do Senhor, um par de rolas ou dois pombinhos. Ora, havia em Jerusalém um homem chamado Simeão. Este homem, justo e piedoso, esperava a consolação de Israel, e o Espírito Santo estava nele.
Fora-lhe revelado pelo Espírito Santo que não morreria sem primeiro ver o Cristo do Senhor. Impelido pelo Espírito Santo, foi ao templo. E tendo os pais apresentado o menino Jesus, para cumprirem a respeito dele os preceitos da lei, tomou-o em seus braços e louvou a Deus...”

“A Imaculada, é o nosso ideal; um ideal para conhecer, para Ter na vida, e para fazer conhecer ao mundo inteiro”.
Grande empenho de toda a nossa vida, nós que nos consagramos a Ela, ao seu Imaculado Coração: “Devemos nos aproximar dela, tornar-nos semelhantes a Ela, permitir que Ela tome posse do nosso coração e de todo o nosso ser, que Ela viva, opere em nós e através de nós, que Ela mesma ame Deus com o nosso coração, que nós pertençamos a Ela sem nenhuma restrição: Eis o nosso ideal. Irradiar o ambiente, conquistar as almas a Ela, de modo que de fronte a Ela estenda o próprio domínio nos corações de todos aqueles que vivem em todos os lugares da terra, sem restrição à diversidade de raça, de nacionalidade, de língua, e ainda no coração de todos aqueles que viverão em qualquer momento histórico, até o fim do mundo: Eis o nosso ideal”.

1. Se a consagração à Imaculada se exprime eficazmente no imitar Maria, no reproduzir em nós as suas atitudes espirituais, isso pressupõe e exige uma intimidade de vida com Ela. Na consagração a Maria é a própria vida que se transforma em oração e a oração se transforma em vida. O apaixonado dá um delicado destaque a tudo aquilo que é louvor, gratidão, oração, amor a Maria.
  
Oração final

Ó São Maximiliano, escuta esta oração de louvor e de súplica que te dirijo com confiante devoção. Honro a santidade da tua vida, guiada por intrépida fé no mistério de Cristo, sustentada por uma firme esperança na potência da sua graça, animada de ardente caridade a Deus e ao próximo.
Admiro o sacrifício heróico com o qual ofereceste a tua vida espontaneamente para salvar a vida de um irmão.
Concede-me crer firmemente que a fé em Cristo Senhor é a única vitória que vence o mal, e de poder operar com a coragem dos mártires para o triunfo da justiça, da caridade e da paz. Amém.

Pai Nosso...
Ave Maria...
Glória...
Salve Maximiliano Maria Kolbe, rogai por nós.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário